julho 24, 2010

Vegan é acusado de incêndio que destruiu fábrica de lã de ovelha

Walter Bond foi preso.Fogo destruiu fábrica e provocou cerca de US$ 500 mil em danos.
Suspeito também estaria envolvido em outros dois incêndios criminosos.



O norte-americano Walter Bond, de 34 anos, que é adepto da dieta "vegan" (não consome qualquer alimento de origem animal), foi preso em Glendale, no estado do Colorado (EUA), por suspeita de envolvimento em um incêndio que destruiu uma fábrica de produtos de lã de ovelha.
A empresa vende uma variedade de produtos de lã de ovelha, como tapetes, cobertores e outros acessórios, através de sua loja e pela internet. O fogo destruiu a fábrica em 30 de abril, provocando cerca de US$ 500 mil em danos.
Após investigação, o FBI chegou até a prisão de Bond após um homem chamado "lobo solitário" publicar um texto na internet, dizendo: "o incêndio na fábrica de lã de ovelha, em Denver, foi feito na defesa e retaliação para todos os animais inocentes que morreram cruelmente às mãos dos humanos".
De acordo com a polícia, Bond também estaria envolvido em outros dois incêndios criminosos no estado de Utah, que destruíram empresas que teriam práticas cruéis contra os animais.
Fonte: G1

Sem comentários: