junho 06, 2010

Banana Pop: Quadrinhos livres de crueldade!

A mãe da Banana é a paulistana Mariana Valentim, formada em Marketing. Ela largou sua bem sucedida carreira em multinacionais para dedicar-se à literatura e desenhos. A personagem nasceu em 2004, mas foi em 2007 que as tirinhas passaram a ser publicadas na web.Mariana Valentim
A Banana teve duas indicações para o prêmio Apaixonados por Quadrinhos 2009, vencendo na categoria de melhor webtira por voto popular e levando também uma  menção honrosa por melhor campanha de divulgação.
As premiações foram concedidas pela Nação Cultural HQ e Academia Mineira de Letras.
Além disso, a Banana Pop participará do FIQ - Festival Internacional de Quadrinhos, que acontecerá de 06 a 12 de outubro em Belo Horizonte. Ela fará parte da exposição virtual do festival.
Tanto a Mariana quanto a Banana são vegans e em algumas tirinhas podemos notar a preocupação dela com os animais.

 “Como eu considero os bons sentimentos o grande barato e propósito da nossa existência, procuro viver livre de relações e processos de exploração nocivos a terceiros. Não consumir animais e seus derivados, adotando a postura político-filosófica vegan (ou vegana), é conseqüência natural desse processo de boa convivência, bem como muitas outras atitudes pessoais que fazem com que eu aproveite o meu tempo nesse lugar feioso me sentindo realmente importante e feliz e tornando felizes as pessoas que estão ao meu redor.
Portanto, o biocentrismo é o mote da minha conversa com o público, seja desenhando a Banana Pop ou escrevendo as minhas crônicas. Dentro deste universo, cabe ao leitor, como bom (ou mau) apreciador de uma obra, enxergar a amplitude do tema e absorver o que for de seu interesse ou limitá-lo a rótulos que podem gerar preconceito, estranheza e resistência a formas diferentes de expressão” diz Mariana


Confira outras tirinhas da Banana Pop aqui.
por Cris Maejima

1 comentário:

Ana Sobral disse...

A-d-o-r-o Banana Pop!!! Pena que as imagens não estão aparecendo na tela :o/