novembro 09, 2010

Veja como chicletes, tampinhas de garrafa e filtro de cigarro matam animais

Pássaros são atraídos por chicletes jogados no chão?

Circula a informação de que os pássaros são atraídos pelo cheiro doce do sabor de frutas dos chicletes.
No momento em que o chiclete gruda no bico, a ave tenta desesperadamente tirá-lo e, na maioria das vezes, morre sufocada – é o texto que vem em sequência.
Ao imaginar a cena chocante e a quantidade de chicletes jogados no chão, a primeira sensação é de pânico. Passado o primeiro instante, o Blog da Saúde pesquisou mais sobre o assunto e não encontrou nenhum estudo que comprove a atração dos pássaros pela goma de mascar.
O CEO – Centro de Estudos Ornitológicos (observação, estudo e preservação das aves) também não possui trabalho científico sobre o assunto. Ainda assim, cada produto deve ser jogado no lixo de forma adequada. O chiclete demora 5 anos para se decompor.
O resíduo humano que mais prejudica os animais é, sem dúvidas, o plástico, que demora muito para se degradar (por volta de 450 anos) e que os animais podem comer pensando que é alimento, informa o CEO.
Caso saiba sobre algum estudo com fonte comprovada sobre a relação entre restos de chiclete e pássaros, por favor nos envie. Por enquanto, a afirmação permanece como mito.


A cultura de não tratar o destino do lixo como uma responsabilidade individual e coletiva tem levado à morte milhares de animais.
Atraídos pelo cheiro adocicado e o sabor de fruta, passarinhos comem restos de chicletes. O material acaba grudando no bico do passarinho que então tenta removê-lo com os pés e na maioria das vezes morre por asfixia.
Os filhotes de pássaros também são vítimas do lixo humano por contaminação de nicotina. Os filtros de cigarro que são jogados acabam sendo utilizados por várias espécies de pássaros na construção de seu ninho. O alto teor de produtos químicos cancerígenos que se acumulam no filtro do cigarro matam em pouco tempo os filhotes.
No mar e nos rios, o perigo está na tampa das garrafas de refrigerantes que são engolidas por peixes, tartarugas e golfinhos, que morrem por congestão e asfixia.
Outro perigo para a vida marinha e as reservas de água doce são os saquinhos e sacolinhas plásticas, que acabam sufocando o sistema respiratório de várias espécies marinhas.
Para evitar que mais animais sejam mortos por contaminação do lixo humano, devemos todos dar o devido destino ao nosso lixo e cobrar das autoridades que façam coleta seletiva de lixo e campanhas de esclarecimentos sobre o tema nas escolas.

Fonte

Sem comentários: