julho 07, 2010

África do Sul: ONG contra a crueldade com animais faz evento pró-Jabulani

Peta fará manifestação com modelos nus e corpos pintados com bandeiras dos países participantes da Copa para agradecer por bola sem couro animal

vaca preta placa
Muitos criticaram a Jabulani. Outros disseram que ela não era tão ruim assim. Elogios foram poucos, bem poucos, e vieram não de quem não joga futebol, mas de quem protesta contra a crueldade com os animais.
A organização Peta (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais, na sigla em inglês) vai promover na quinta-feira, em Joanesburgo, um evento para agradecer pelo fato de a bola da Copa do Mundo ter sido produzida sem utilizar couro de origem animal, com 32 modelos nus com o corpo pintado com as cores das bandeiras os países participantes do Mundial.



Vaca da Peta divulga evento pró-Jabulani em Joanesburgo (Foto: PH Peixoto / Globoesporte.com)
A Peta também agradeceu a algumas fornecedoras de material esportivo por produzirem chuteiras que também não são feitas com material de origem animal. A entidade também declarou-se "fã" de nove jogadores da Copa que calçam chuteiras de material sintético: Robinho, Cristiano Ronaldo, Deco, Steven Gerrard, Cesc Fabregas, Javier Mascherano, Mesut Özil e Andreas Iniesta.

- Nós parabenizamos a Fifa pela decisão de banir as bolas de couro bovino dos gramados - disse o diretor da Peta, Jason Baker.

Segundo a organização, a maior parte do couro utilizado na produção de bolas e chuteiras vem de países sem leis contra maus-tratos de animais, como China e Índia, e é retirado de bois e vacas submetidos a mutilações, queimaduras e exposição a doenças diversas.

Sem comentários: