Pesquisar neste blogue

maio 24, 2010

Vegetariano sem riscos



Entrar nessa de uma vez pode prejudicar sua saúde. O segredo para abolir a carne do cardápio sem cair em cilada é montar um planejamento alimentar, como você irá acompanhar nesta reportagem


Por Rodrigo Gallo
Para muitas pessoas, ser vegetariano é sinônimo de ter uma vida mais saudável, com uma alimentação equilibrada e menos gordura no organismo. Realmente, é um pensamento correto. Contudo, como toda dieta, essa mudança de hábito alimentar precisa ser acompanhada por um especialista, afinal, o corpo pode não se adaptar às alterações logo de cara.
E entender a razão é simples. Pense: você comeu carne vermelha a vida toda. Sempre gostou de ir a churrascarias e rodízios. Nunca dispensou uma picanha na brasa ou uma maminha cheia de gordura. Então, como espera que seu organismo se acostume com a ausência desse tipo de alimento da noite para o dia?
Em parte, é uma questão psicológica. O corpo, porém, também pode sentir falta de determinados nutrientes presentes nas carnes, que serão descartadas na nova fase. O jeito, então, é fazer um plano alimentar para seguir em frente sem riscos. Vejamos algumas dicas básicas que podem ajudá-lo nessa tarefa.

Sem comentários: