maio 02, 2010

Entrevista



"O meu rabo devia ter ordenado"

Lisa Edelstein, 43 anos, é a chefe de House, o médico mais antipático e sarcástico da TV. Há seis anos no papel de Lisa Cuddy, a actriz revelou-se-nos bem-humorada


Lisa Edelstein ficou famosa pela sua personagem como Cuddy, a paciente médica da série Dr. House.
Lisa Edelstein ficou famosa pela sua personagem como Cuddy, a paciente médica da série Dr. House.
DR
CURIOSIDADES - Lisa Edelstein à la minute

  • É praticante de ioga e vegetariana.(bom saber) Confessa que a parte mais difícil de ser vegan é arranjar sapatos que não tenham pele animal
  • Em 1988, escreveu e interpretou o musical Positive Me  umas das primeiras encenações teatrais sobre a sida
  • Entrou em episódios de Seinfeld, Frasier, Ally McBeal, Os Homens do Presidente, A Juíza e Causa Justa
  • Acha que House e Cuddy, enquanto casal, não seriam felizes
  • Dr. House é distribuído pela Fox e visto em 66 países. Tem uma audiência estimada em cerca de 82 milhões de espectadores

Imagina-se a trabalhar, na vida real, com uma pessoa como o Dr. House?
Sim, adorava. Tem uma grande personalidade e é brilhante. Seria inspirador.
Por causa da série, passou  a falar com o seu médico  de outra maneira?
Não, embora ache que os médicos falem agora comigo de forma diferente. [Risos.]
Após seis anos a fazer  de Cuddy, a personagem  está colada a si? Não sei... Haverá um dia, daqui a alguns anos, em que pensarei nisso. O bom de interpretar tanto tempo uma personagem é que se interioriza de maneira mais rápida cada um dos guiões e a forma como a personagem se relaciona com os outros.
Porque tem a série  tanto sucesso?
Acho que se deve muito ao talento do Hugh [Laurie, actor que interpreta Dr. House] e da equipa de argumentistas, que é incrível. Toda a gente tem medo de morrer e, quando se vê um homem a salvar vidas no último instante, é emocionante.
Algumas das piadas de House estão relacionadas com o seu peito. Falou com os argumentistas sobre isso? Está farta? Não, adoro. O meu peito e o meu rabo deviam ter créditos no genérico do programa como convidados especiais e até salários em separado. [Risos.]
O que representar  tem de bom?
Essa é difícil. [Pausa.] Representar com bons argumentos e actores talentosos é muito estimulante. Adoro o que faço, porque há mudanças a toda a hora. Às vezes, admito, é entediante  mas a maior parte do tempo é fantástico.
Por que motivo é entediante?
Filmar uma só cena pode demorar entre três e dez horas.
Tem tributos musicais no YouTube, com canções como Sweet Child of Mine ou Crazy For This Girl, que acompanham imagens suas.  O que acha disso?
A sério? Não sabia, tenho de ver. Mas fico espantada com o tempo que as pessoas têm para fazer essas coisas!

Sem comentários: