fevereiro 11, 2010

Alain Delon é a favor de advogados de defesa dos direitos dos animais (AFP)

 ZURIQUE, Suíça —
O ator franco-suíço Alain Delon ofereceu nesta quarta-feira seu apoio a um referendo de iniciativa popular na Suíça, que pede a contratação de advogados encarregados de defender os direitos dos animais maltratados. "Sou completamente a favor", afirmou o ator ao jornal Le Matin, referindo-se a esta iniciativ, que prevê a introdução de advogados defensores dos animais em cada canto do país. Alain Delon, cidadão suíço há onze anos e residente em Genebra, disse que "é preciso defender os animais e compreender que se uma pessoa é capaz de torturar um cachorro ou outro animal, é capaz de torturar um ser humano". "Os animais têm direito à defesa", enfatizou, acrescentando que "os que fazem os animais sofrerem são piores que uma fera". "Os animais são eles". A contratação de um advogado para os animais, uma solução já existente em Zurique desde 1992, será submetida a um referendo no dia 7 de março. Delon espera que a "Suíça sirva de modelo e que a França a siga". Segundo uma pesquisa feita em novembro pelo instituto GfK, 63% dos suíços são favoráveis à contratação de advogados responsáveis pela proteção dos animais. 81% deles quer que os responsáveis pelos maus tratos recebam castigos severos e 72% acreditam que os advogados conseguiriam, fazendo pressão, uma aplicação rigorosa da lei. Alain Delon aparecerá em uma campanha lançada na próxima semana pela Sociedade Protetora dos Animais da cidade suíça de Vaud, segundo o jornal.

Fonte

Sem comentários: