julho 14, 2010

Tráfico de Animais!!!


PF prende 30 pessoas por tráfico de animais silvestres


 SÃO PAULO - A Polícia Federal identificou e prendeu 30 integrantes de uma quadrilha que pode ser a maior do país no tráfico internacional de animais silvestres. Foram expedidos mandados de prisão contra 32 pessoas em 12 cidades dos estados do Paraná, São Paulo e Santa Catarina, que estão sendo cumpridos nesta quarta-feira, além de 42 mandados de busca e apreensão em repartições públicas e residências. Segundo balanço da PF, até agora cerca de dez mil animais foram apreendidos e serão levados a centros do Ibama para se recuperar dos maus tratos a que foram submetidos.


Alguns animais deverão ser repatriados para a Holanda, se houver condições, já que a quadrilha também atuava no sentido inverso trazendo ilegalmente animais para o Brasil. Os exemplares brasileiros levados clandestinamente também serão repatriados.
A PF identificou como responsáveis pelo tráfico um brasileiro que mora na Austrália e um holandês que mora próximo a Amsterdã, capital holandesa. Entre os animais apreendidos estão principalmente aves, que eram vendidas a preço exorbitantes no exterior. Uma empresa e uma pessoa física tiveram o sequestro de seus bens determinado pela Justiça.
Segundo a PF, que começou a investigar o esquema há oito meses, entre os envolvidos estão servidores públicos que ocupam cargos nos quais deveriam justamente fiscalizar e reprimir crimes ambientais. Entre eles, já foi identificado um servidor do Instituto Ambiental do Paraná.
Os integrantes da quadrilha responderão por maus-tratos de animais, tráfico internacional de espécies das faunas nativa e exótica, receptação, formação de quadrilha, falsificação públicos, tráfico de influência, crimes contra a ordem tributária e de lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores.
A operação, batizada de São Francisco, tem o apoio da Interpol, a polícia internacional, que cumpre mandados de busca e apreensão também no exterior. No Brasil, buscas e prisões estão sendo realizadas nas cidades de Curitiba, São José dos Pinhais, Londrina, Maringá e Foz do Iguaçu, no Paraná; São Paulo, Ribeirão Preto, Araraquara, Piracicaba, Campinas e Capivari, em São Paulo; e Florianópolis.
Em Ribeirão Preto, a 319 km de São Paulo, duas pessoas foram presas e 389 aves exóticas, apreendidas. Duas apreensões já foram feitas durante a investigação. Uma delas ocorreu no aeroporto de Guarulhos, onde foi surpreendido um estrangeiro que chegava ao Brasil trazendo 64 ovos. Ele foi foi flagrado quando um dos ovos eclodiu.
exóticas entre o Brasil e a Holanda.




Apreendidas mais de 2500 aves
Traficantes davam remédios contra impotência a animais
Uma quadrilha de Curitiba foi detida no final do mês passado, por tráfico internacional de animais exóticos no Brasil, visto que utilizavam medicamentos de combate à impotência sexual, de forma a aumentar a sua reprodução.
12 Julho 2010Nº de votos (14) Comentários (3)
Os 30 detidos actuavam na Região Metropolitana de Curitiba e, na sequência das investigações, foram apreendidas 2559 aves e 139 ovos, tendo-lhes sido aplicada uma multa de, aproximadamente, quatro milhões de euros.

O espaço utilizado para a reprodução das aves era climatizado, com bebedouros e sistema para banhos, decorado com aves esculpidas em relevo na madeira.

Dos animais apreendidas fazem parte araras azuis, vermelhas e catatuas, todas em vias de extinção.
As investigações foram desencadeadas depois da detenção de um homem que traficava ovos de espécies


ANIMAIS EM CATIVEIRO »
Polícia militar ambiental apreende 21 pássaros silvestres no Recanto das Emas

Publicação: 13/07/2010 12:12 Atualização: 13/07/2010 12:20
A Polícia Ambiental apreendeu, na noite de segunda-feira, 21 pássaros silvestres. Esta é a terceira vez, apenas no mês de julho, que aves são encontradas em cativeiros ilegais no Distrito Federal.

Policiais do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) flagraram o crime em uma residência localizada na QR 115 do Recanto das Emas. Na ação, foram encontradas aves de várias espécies diferentes, entre elas sabiás, curiós e pássaros pretos.

O responsável pelos animais foi autuado e responderá por crime ambiental na Delegacia do Meio Ambiente (Dema). As aves permanecerão no Centro de Triagem de Animais Silvestres até terem os seus destinos

Do início do mês até agora, estas as três apreensões resultaram na captura de 114 aves selvagens no Distrito Federal.

No última quarta-feira (7/7), agentes da Companhia de Inteligência da Polícia Militar Ambiental (CPMA) apreenderam 80 pássaros silvestres no Gama. Nessa mesma semana (5/7), foram encontradas outras 13 aves que eram mantidas em cativeiro em Samambaia.

Sem comentários: