Pesquisar neste blogue

março 21, 2010

NESTLÉ é alvo de vídeo criativo do Greenpeace

Nestlé, maker of Kit Kat, uses palm oil from companies that are trashing Indonesian rainforests, threatening the livelihoods of local people and pushing orang-utans towards extinction.
We all deserve to have a break - but having one shouldn't involve taking a bite out of Indonesia's precious rainforests. We're asking Nestlé to give rainforests and orang-utans a break and stop buying palm oil from destroyed forests.


Vídeo do Greenpeace, em protesto à Nestlé que compra óleo de Palma de empresas que estão destruindo as florestas tropicais na Indonésia e acabando com a população nativa de orangotangos. Fazem testes em animais!
Fonte

Chocolate Nestlé mata orangotangos na Indonésia

O que os orangotangos da Indonésia têm a ver com o chocolate que você come? Tudo! Enquanto uma das maiores empresas do setor, a Nestlé, continuar comprando óleo de dendê fruto de devastação de floresta nativa no país, o seu inofensivo chocolate continuará a matar estes animais indonésios. Pela Europa, protestos do Greenpeace pedem à empresa que pare de comprar o óleo de dendê extraído da região.
Florestas tropicais e de turfa, nativas da Indonésia, vão ao chão para ceder lugar à plantação de dendezeiras, de onde é extraído o óleo usado na produção do chocolate. Empresas como a Sinar Mas são responsáveis por esta devastação, que atinge em cheio o habitat do orangotango, além de agravar o aquecimento global.
Em recente relatório (em inglês), o Greenpeace denuncia esta prática e faz um apelo à Nestlé para que pare de comprar o óleo da Sinar Mas, ou qualquer outra que patrocine este crime. A campanha acontece na Alemanha, Holanda e Inglaterra, onde ativistas vestidos de orangotango protestam em frente à fábrica da Nestlé.
Saiba mais sobre o assunto em nosso site, assine a ciberação e Compartilhe 
O vídeo da campanha internacional foi retirado do ar pelo setor jurídico da Nestlé. Assista à versão brasileira, antes que ela sofra qualquer censura:

Nestlé: censura é coisa do passado!

Sim, nós sabíamos que a Nestlé não ficaria muito contente com a nossa campanhapara expor os impactos que o uso de dendê em diversos produtos da empresa tem para as florestas tropicais. Mas, estamos apenas tentando chamar a atenção da Nestlé para o fato de que o dendê usado na fabricação de muitos chocolates, como o KitKat, é produzido de forma insustentável, às custas do desmatamento das florestas que são também o lar dos orangotangos na Indonésia.
Quando em declaração vocês disseram que compartilham a ‘preocupação profunda sobre os sérios problemas ambientais que ameaçam as florestas tropicais e de turfa no Sudeste Asiático causados pelo cultivo de dendê’, bem… nós tivemos nossas reservas.
Por uma coisa: embora vocês tenham anunciado que não compram mais dendê diretamente da Sinar Mas (a empresa fornecedora de óleo de dendê proveniente de desmatamento na Indonésia), vocês não assumiram o mesmo tipo de compromisso sobre a compra de outros fornecedores, como a Cargill, que compra óleo de dendê da Sinar Mas para revender. Agora, se vocês estão comprando a mesma coisa, só que de um intermediário, não podemos considerar isso como um grande progresso, não é mesmo? E começamos a imaginar se vocês realmente se importam com o assunto da maneira que vocês declaram que sim…
Mas, acho que o que realmente nos fez imaginar se vocês realmente se importam foi quando o vídeo da nossa campanha foi retirado do youtube, com a alegação de ‘violação de direitos autorais’.  Bom, não é preciso ser um advogado para saber quando aplicar termos como ‘paródia’ e ‘uso justo’.
Mas, pensando bem, não achamos que vocês se importam tanto com a questão de ‘direitos autorais’.  Nós achamos que vocês simplesmente queriam impedir as pessoas de ver o vídeo! E isso é patético. Sinceramente: censura é coisa do passado.
O que vocês não sabem é que nós recebemos muitas ofertas para divulgar nosso vídeo em outros lugares e que sua iniciativa (de retirar nosso vídeo da internet) só gerou mais interesse pela questão do desmatamento das florestas tropicais na Indonésia para a produção de dendê na blogosfera e no twitter.
Censurar denúncias não parece ser uma iniciativa muito inteligente, mas quem somos nós!…
Se você ainda não pediu para a Nestlé parar de comprar de empresas que desmatam a floresta indonésia, clique aqui e assine nossa ciberação.

Relacionado: Nestlé ajuda a destruir as florestas tropicais da Indonésia.




Sem comentários: