dezembro 16, 2009

Lixo eletrônico é transformado em árvore de Natal e presépio


Monitores, teclados, mouses, CDs, DVDs, cartuchos, fitas, baterias e carcaças de aparelhos celulares e de computadores, chips, disquetes e ventiladores, entre outras sucatas eletrônicas, voltaram a ter utilidade em uma exposição aberta no hall de entrada da Agência dos Correios da Avenida Marechal Deodoro, 298, no centro de Curitiba. Nas mãos de dois artesãos e 40 alunos do Centro de Educação Integral Érico Veríssimo, o que era lixo eletrônico deu origem a uma grande árvore de Natal e um presépio, com robôs que representam reis magos, José, Maria e um menino Jesus eletrônico, na manjedoura, cercado por animais. A exposição inusitada tem atraído a atenção de centenas de pessoas que passam pela agência dos Correios nesta época. A instalação artística é um dos resultados de uma parceria da Prefeitura de Curitiba com o Instituto Brasileiro de Eco-Tecnologia (Biet), dirigido pelo engenheiro Maurício Beltrão Fraletti. O objetivo é desenvolver um projeto educativo e dar destino final adequado ao lixo eletrônico – ou sucata da informática – das empresas participantes do programa Curitiba Tecnoparque, administrado pela Agência Curitiba de Desenvolvimento. O projeto conta com a participação das secretarias municipais do Meio Ambiente e da Educação.


Fonte

Sem comentários: